Performance

03/07/2015

*Por Lara Hausen Mizoguchi, analista de MKT Digital da Bodytech

Como pedalar no trânsito do Rio de Janeiro não é tarefa fácil, chamamos o Bike Anjo para pedir umas dicas. O Bike Anjo é um projeto que pretende juntar pessoas que querem aprender a andar de bicicleta e a pedalar no trânsito da cidade com ciclistas experientes, que são voluntários

Para chamar um é bem simples. Basta se inscrever aqui e informar o trajeto que você quer fazer. Em cerca de 10 minutos, eles enviam um e-mail com o contato da pessoa que vai acompanhar você. Tem gente que pede dicas para os momentos de lazer --ir à praia ou ao parque, por exemplo-- ou para ir ao trabalho. Então, o Bike Anjo sugere alguns trajetos e você escolhe um. Simples assim. Aí é só combinar um ponto de encontro. O meu trajeto era Botafogo-Leblon (no Rio de Janeiro), passando pela Lagoa Rodrigo de Freitas.

Na conversa inicial, o nosso "Anjo" explicou rapidamente algumas regrinhas de trânsito e disse que, em alguns casos, ele acaba as desrespeitando por questões de segurança. 

Uma dica bem importante que ele deu é que precisamos pedalar a cerca de um metro e meio da calçada. Assim, o carro deve mudar de faixa para ultrapassar a bicicleta --sem "esmagá-la" na calçada-- e há um espacinho de “fuga” caso o veículo force a passagem.

Infelizmente, durante o nosso trajeto, precisamos subir nas calçadas em alguns momentos, já que os motoristas ainda não estão acostumados aos ciclistas.

Durante o trajeto, o Bike Anjo me protegeu dos carros, pedindo várias vezes para que eu ficasse na frente dele enquanto pedia passagem aos veículos --no caso de atravessar uma rua, por exemplo. Além disso, me explicou que sinalizar “escandalosamente” o que você vai fazer também é importante. Se você vai dobrar em uma rua, por exemplo, você deve esticar o braço e assinalar para o lado em que você vai dobrar.

O Bike Anjo, além de sugerir os roteiros para o trabalho --ou qualquer outro ponto--, também se disponibiliza a fazer mais de um em dias diversos para que a pessoa escolha o melhor somente depois de conhecê-los em cima das duas rodas. A ideia é muito legal, principalmente porque, quanto mais gente andar de bicicleta, menos carros estarão na rua, menos engarrafamento, menos estresse etc.

Para quem quer aprender a andar de bicicleta, o pessoal vai promover uma aula no MAM, neste domingo, das 14h30 às 17h.

MENSAGEM_CONFIRMACAO