Mind

09/11/2015

*Por Emi Shima para a revista "BT Experience"

O alto desempenho esportivo dos atletas não depende apenas do preparo físico. O domínio sobre as emoções é tão importante quanto a força, flexibilidade e resistência a provas. A vitória ou a derrota pode ser definida em poucos segundos e depender do controle emocional.

Vários atletas de alto desempenho são adeptos da mindfulness. É o caso da equipe de basquete do Chicago Bulls, do Los Angeles Lakers, e LeBron James, astro do basquete norte-americano; do jogador de futebol americano Ricky Williams, do Miami Dolphins, e da equipe do Seattle Seahawks, além dos tenistas Novak Djokovic e Rafael Nadal. No Brasil, o lutador de MMA Lyoto Machida é praticante.

Estudo realizado na Universidade da Califórnia (EUA) comprovou que, por meio da meditação, é possível elevar o rendimento em competições, uma vez que o treinamento mental é tão importante quanto o físico. Segundo a pesquisadora Elisa Kozasa, os atletas de alto nível que se dedicam à prática meditativa conseguem evitar respostas automáticas e estresse elevado e mantêm o foco em seu desempenho. A própria Elisa, lutadora de aikido desde os 12 anos, é testemunha dos benefícios da meditação em sua prática esportiva. Hoje, é faixa preta quinto grau e sabe, por experiência própria, a importância da atenção e concentração no momento da luta. “Uma distração pode significar um acidente ou uma perda do momento correto de derrubar o oponente”, comenta. “A meditação deixa nossos sentidos mais aguçados e nos dá habilidade de relaxar e manter-se calmo durante um combate e também nas batalhas do dia a dia.”

MENSAGEM_CONFIRMACAO