Nutrição

12/01/2016

*Por Carolina Marques, nutricionista consultora Bodytech Tijuca, Rio Sul e Leblon (Rio de Janeiro)

Ainda é época de romã, tão lembrada nas festas de fim de ano. Ainda bem, porque a fruta faz muito bem para o organismo. Que tal, então, aprender uma pouco mais sobre ela?

A romã raz benefícios tanto para a saúde quanto para a estética. Essa fruta de poucas calorias apresenta uma infinidade de nutrientes, como vitamina A, vitamina B9, ferro, cálcio, ácido elágico, ácido gálico e protocatequínico.

O ácido elágico é um poderoso antioxidante, muito eficaz no combate aos radicais livres. Além disso, auxilia na prevenção da obesidade e de diversos tipos de câncer. Favorece a proteção das paredes das artérias, reduzindo a ocorrência de distúrbios cardiovasculares, como infarto e AVC.

Já os ácidos gálico e protocatequínico impedem que moléculas responsáveis por danificarem as estruturas das células possam causar câncer.

Confira outros benefícios:

Reduz os sintomas desagradáveis da menopausa: o chá obtido da casca da romã possui ação similar ao estrogênio;

Equilibra a flora vaginal: atua no desequilíbrio da flora, prevenindo candidíase e corrimentos vaginais;

Auxilia na redução da glicemia: inibe uma enzima, diminuindo a absorção da glicose;

Previne doenças cardiovasculares e reduz a presssão arterial;

Melhora a circulação reduzindo a celulite. E ainda pode suavizar manchas de pele como melasmas.

• Possui betasitosterol (fitoquímico) que ajuda a diminuir os efeitos do cortisol, hormônio que provoca gordura abdominal.

É anti-fúngico: ótimo para quem tem candidíase.

Tem ação antioxidante: é capaz de neutralizar quase duas vezes mais radicais livres que a casca de uva, e sete vezes mais que o chá verde.

Está em dúvida de como consumir? Você pode comê-la fresca e crua, fazer um suco, polvilhar as sementes da romã numa salada ou usar um pouco de suco de romã na salada.

E aí? Convencidos? Pode correr já para comprar a sua! ;)

MENSAGEM_CONFIRMACAO