Nutrição

07/12/2016

Por Luciano Bruno, nutricionista convidado pela Optimum Nutrition

A glutamina é o aminoácido livre mais abundante no plasma e no tecido muscular, com efeitos benéficos na proliferação e no desenvolvimento celular, no fornecimento de energia, no balanço do pH corporal, além de estimular a síntese de glutationa, um importante antioxidante. E, apesar de sua importância no metabolismo proteico e no transporte de nitrogênio, a glutamina é considerada um aminoácido não essencial devido à capacidade do organismo em sintetizá-la a partir de outros aminoácidos.

Importante lembrar que, em situações de estresse, a demanda pode superar a capacidade de produção: um exemplo é durante a atividade física frequente e que tende a aumentos gradativos, ocasionando uma possível redução de glutamina para as células e, como consequência, uma diminuição da expressão de proteínas envolvidas com a síntese de massa muscular e prejuízo na proteção celular contra radicais livres. Nesses casos, sua suplementação é essencial.

Outro uso importante da glutamina vem na forma de nutrição de células intestinais, uma vez que, ao longo do tempo, devido a variações do pH intestinal em função da atividade física e de escolhas alimentares, as células intestinais podem ser prejudicadas quanto às suas capacidades digestivas e absortivas. O uso de glutamina, em quantidades que variam de 3 a 8 gramas, pode ser uma estratégia eficiente de nutrição de células intestinais e maximização da digestão e absorção de macro e micronutrientes.

Estudos recentes demonstraram que o uso da glutamina também pode ser uma estratégia bastante eficiente para a maximização de bactérias intestinais benéficas. Tal estímulo de bactérias benéficas auxilia na diminuição de eventos inflamatórios, na otimização do pH intestinal, na melhora de sintomas gastrointestinais, como distensão abdominal e, sobretudo, na melhora da relação de bactérias intestinais envolvidas com a perda de gordura corporal.

Vale salientar que as estratégias são extremamente particulares, sendo assim profissionais habilitados devem ser consultados para ajustes individuais.

MENSAGEM_CONFIRMACAO