Performance

19/04/2017

Foram 12 meses de treinos diversificados até Ronan Bruck, de 33 anos, perder os primeiros 50 quilos. A transformação radical foi resultado de uma velha conhecida receita: dieta saudável e atividade física regular. Hoje, há seis anos com o novo estilo de vida, o cliente da BT Shopping Praia da Costa, no Espírito Santo, pesa 93 quilos — 54 a menos do que quando começou —, dorme melhor, tem disposição para começar o dia e está satisfeito com o que vê no espelho.

O que mais te incentivou a fazer essa mudança?

Foi a necessidade mesmo. Eu vinha de anos de muito trabalho e estudo. Emendei a faculdade na pós-graduação e me descuidei com a alimentação e atividade física. Não estava me sentindo bem, comecei a perder roupa e sabia que precisava dar um jeito nisso.

Quando você decidiu mudar? Como foi essa mudança?

Quando inaugurou a BT no Espírito Santo, em 2011. Não tinha nada parecido aqui no estado. Eu gostava de nadar e a academia tinha piscina e várias aulas diferentes, tudo isso me atraiu e me matriculei. A grande diferença entre essa vez que deu certo e as tentativas quando eu não consegui emagrecer foi a possiblidade de fazer várias atividades físicas. Desde 2011, eu mudo de atividade para não enjoar. Não deixo meu corpo se acostumar com o mesmo estímulo, estou sempre diversificando. Faço Muay Thai, aulas de Combine e Natação. Mas já fiz Indoor Cycle e várias outras. Vou mudando e mantenho as que mais gosto. Outra diferença foi na alimentação. Não deixei de comer nada, não fui radical, mas hoje evito embutidos, processados e refrigerantes. Antes, comia com muita frequência. Não bato mais PF. Se sei que vou exagerar em um churrasco do domingo, durante a semana, procuro me alimentar com pratos mais leves, contrabalanço.

Em que ponto do seu objetivo você julga estar? Apenas começando, no meio do caminho ou ele já foi concluído?

Já alcancei meu objetivo. Continuo treinando para o meu bem-estar. Minha medida ideal é o meu espelho. O importante é você estar se sentindo bem e eu estou, não preciso mais comprar camisa XXG.

Qual é a maior dificuldade em manter esse estilo de vida?

Como me acostumei com a alta intensidade da atividade física, realmente o difícil é lutar contra as tentações da comida. Outro dia fui almoçar com um cliente em um lugar com um buffet maravilhoso e precisei fazer um pratinho de salada. Isso é o mais difícil. Porque em relação à atividade física, fiquei viciado. Se fico sem liberar endorfina, já começo a ficar nervoso. Como viajo muito a trabalho, se fico dois dias fora, tento correr na rua. Quando vou a São Paulo, treino nas academias próximas de onde estou hospedado. Essa facilidade é importante.

O que mudou na sua vida depois de ter emagrecido?

Hoje tenho mais disposição para levantar, trabalhar, fazer a coisas. Durmo muito melhor. A vaidade e a autoconfiança aumentam. Fico mais disposto para poder realizar meus desejos. A autoestima muda bastante. Isso mexe com você. Eu saía à noite para balada, voltava, dormia 5, 6 horas da manhã e acordava às 4 horas da tarde, porque ficava cansado e precisava descansar. 

MENSAGEM_CONFIRMACAO