Performance

12/05/2017

No Dia Nacional de Conscientização e Enfrentamento à Fibromialgia, celebrado em 12 de maio, tiramos as principais dúvidas sobre a doença com a médica Alexandra Raffaini, anestesiologista da Sociedade Brasileira de Médicos Intervencionistas em Dor e especialista no Tratamento da Dor e em Medicina Intervencionista da Dor. A especialista explicou o que é a Fibromialgia, quais sintomais mais comuns e como é feito o tratamento. 

1) O que é a Fibromialgia?

É uma doença que acomete cerca de 2 a 4% da população, predominantemente mulheres (proporção de 6 mulheres para cada homem), principalmente entre 30 e 50 anos de idade. É uma síndrome caracterizada por dores generalizadas acompanhadas de outros sintomas como distúrbios do sono, cansaço, alteração do habito intestinal, problemas de concentração e memória, entre outros.

2) Quais são os principais sintomas e causas da síndrome?

Os principais sintomas são dores generalizadas, incluindo dores de cabeça, cansaço, rigidez e distúrbios do sono.

3) Por que muitas pessoas sofrem de Fibromialgia e não sabem? O diagnóstico é difícil ou isso acontece porque as pessoas não conhecem a síndrome? 

O sintomas da fibromialgia se confundem muitas vezes com os sintomas de outras doenças reumatológicas, problemas na tireoide e até com deficiências vitamínicas. O diagnóstico da fibromialgia é clinico e é um diagnóstico de exclusão, ou seja, é necessário eliminar todas as outras possíveis causas de dor antes de confirmar que é fibromialgia.

4) Existe um grupo que sofre mais com a doença?

Sim, a fibromialgia acomete mais mulheres na proporção de 6 mulheres para cada homem, principalmente na faixa etária entre 30 e 50 anos. Pessoas com familiares de primeiro grau com fibromialgia têm mais chance de desenvolver a doença.

5) A Fibromialgia tem cura? Como é feito o tratamento?

A fibromialgia tem tratamento que é feito baseado em medicamentos, exercícios físicos e psicoterapia.

6) Como a atividade física ajuda nesse processo? Existem algumas atividades que são mais recomendadas para quem tem esse diagnóstico?

Exercícios físicos são um dos pilares para o tratamento da fibromialgia. Tanto os exercícios aeróbicos quanto os de fortalecimento são recomendados. Porém é imprescindível que os exercícios sejam realizados sob orientação de um profissional.

MENSAGEM_CONFIRMACAO