Lifestyle

29/06/2017

*Por Ana Tapajós

Chamonix-Mont Blanc é conhecida no mundo todo como a capital dos esportes de aventura. É um lindo vilarejo com cerca de 9 mil moradores. Fica na França, no Vallé de Chamonix, aos pés do maciço do Mont Blanc.

O Maciço Mont Blanc, o pico mais alto da Europa Ocidental, é uma cadeia montanhosa localizada nos Alpes do Ocidente, que faz fronteira com três países: Itália, França e Suíça. Suas várias trilhas muitas vezes começam em um país e terminam em outro. Chamonix é rodeada pelo maciço do Monte Branco e pelo maciço das Aiguilles Rouges, o que a torna tão pitoresca e fascinante. Basta olhar para cima e verá enormes montanhas rochosas cobertas de neve lindas e imponentes.

Como quase todas as cidades de montanha da Europa, Chamonix durante o inverno é um grande polo de esportes de neve como snowboard e ski. A cidade respira esporte para todas as idades e gostos. Ciclismo, paraquedismo, parapente, alpinismo, escalada, canionismo ou simplesmente uma boa trilha pelas montanhas rodeada de muito verde, lagos, cachoeiras e natureza, são algumas opções. No vilarejo, tem vários shoppings com artigos de esporte. Perfeito para se equipar para as atividades na cidade. Foi o que fizemos!

Mas se você não é tão adepto dos esportes, o vilarejo também tem vários restaurantes, lugares para beber um bom vinho francês, cafés ou parques para fazer piquenique ou ler um livro.

No primeiro dia fizemos um salto maravilhoso de parapente. Para quem ama voar, Chamonix é o lugar ideal. O salto é de frente ao Mont Blanc e a região possui muitas térmicas, o que faz com que se alcance uma ótima altura nos voos e uma linda vista dos Alpes. Você consegue ver todo o relevo do vale e suas inúmeras trilhas e vias de escalada. É possível também ver o belo Rio Arye, que cruza o centro da vila de Chamonix, com suas águas de degelo do Mont Blanc.

Vale muito também visitar a “Agulha do meio dia”. Na Aiguille du Midi, você tem uma visão completa dos Alpes suíços, italianos e franceses. Chega-se até lá de teleférico atingindo 3777m de altitude. Uma boa dica para quem quer aclimatar antes de atacar o cume do Mont Blanc.

Fizemos algumas trilhas, uma marcante foi a que fomos até o maior glacial francês, o Mer de Glace. É possível ir de trem, mas optamos pelo trekking. Caminhada bem tranquila de nível iniciante, mas uma beleza fenomenal.

Nos dias de escalada em rocha, fomos a Les Cheserys e a outra rocha que ficava na parte Suíça. As vias de escalada nos parques suíços são muito boas e organizadas. Existem várias. Todas as rochas são mapeadas e possuem uma estrutura de alto nível para quem pratica o esporte. Você vai encontrar diferentes níveis de escalada na mesma rocha, fizemos uma de grau 5 e outra de grau 6. Alugamos o equipamento de escalada em Chamonix mesmo e fomos com um guia local.

Terminamos o dia com um passeio de bicicleta em trilhas leves de mountain bike, nas margens de um lindo rio. Mesmo no verão, o topo das Aguiulles se encontram com muita neve e alguns dias praticamos alpinismo, o que vale muito a pena porque Chamonix é conhecida como o berço do alpinismo.

Foi lá onde quase tudo começou, inclusive existe no alto da montanha um museu da escalada. Fizemos também uma trilha com ‘escalaminhada’ em gelo até a Aguiulle de Rouge. Foi muito emocionante! Para quem curte atacar cumes é possível atingir o topo do Mont Blanc, a 4.810m de altura. É necessário equipamentos e um guia local. Não é um monte com dificuldades técnicas, porém por ser mais alto de 4000m é necessário aclimatar antes e ter uma boa resistência a altitude.

Outra atividade bem diferente que praticamos foi o canionismo. Não é muito comum no Brasil, pelo menos aqui não é uma atividade regulamentada. O canionismo nada mais é que a exploração dos rios e cachoeiras caminhando pela água e fazendo rapel. É preciso usar roupas de borracha de alto milímetro, pois a água é extremamente gelada. Passamos por inúmeros poços e quedas d’água, alguns saltos e rapéis nas cachoeiras. É muito bonito, mas não chega a ser nada radical. Perfeito para jovens e adolescentes.

Enfim, Chamonix é o destino certo para passar o verão europeu, se você quer fazer atividades ao ar livre e ainda sim estar em uma cidadezinha charmosa e confortável que respira esporte.

MENSAGEM_CONFIRMACAO