Conheça histórias de superação de quem encarou a Meia Maratona do Rio

Lifestyle

28/08/2017

A Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro, que rolou no último dia 20, teve um final emocionante na prova masculina, como há muito não se via! Só um segundo de vantagem garantiu o pódio para o brasileiro José Márcio Leão. Mas enquanto a briga acontecia na ponta do pelotão da frente, o movimento também foi intenso mais atrás. Mesmo com as câmeras focadas na corrida dos profissionais, a prova dos atletas amadores trouxe várias histórias inspiradoras, de gente que encontrou na corrida uma maneira de superar seus desafios. 

Jornalista e mãe de dois filhos, um de 18 e outro de 12 anos, Greyce Feijão já teve que enfrentar depressão e obesidade. Foi na corrida que a cearense encontrou motivação para vencer as duas e mudar completamente seu estilo de vida. Perdeu 55 quilos e é hoje, além de maratonista, também nadadora e uma apaixonada por um estilo de vida mais saudável. "A corrida representa para mim muito mais que um esporte. É superação, bem-estar e qualidade de vida. O momento em que o corpo cansa e a mente relaxa.”

O sentimento é compartilhado por Poliane Chaves, médica radiologista de 31 anos, e pelo gestor de varejo Mauro Sant'Ana, de 38. A mineira já corre há quatro anos. Mal aguentava 700 metros no começo da carreira de corredora amadora e garantiu que o amor pela corrida não foi à primeira vista. Mas não desistiu – e hoje acumula três maratonas no currículo. "A corrida é meu momento de paz, minha terapia", contou.

Já o carioca tem um ano a mais de ação no "portfólio" e acumula sete maratonas e 16 meias maratonas nos últimos anos. É outro que, como Greyce, encontrou na modalidade uma forma de superar uma fase difícil da vida. "A corrida teve um papel fundamental me ajudando a superar a depressão e eliminar 22 quilos. Desde então, ela virou a maior aliada, a minha melhor amiga", explicou o pai de três filhos. "Ela passou a ser sinônimo de uma vida feliz, onde tudo faz sentido e eu me sinto a pessoa mais realizada do mundo."

Os três, Greyce, Poliane e Mauro, têm em comum o fato de compartilharem suas histórias e evoluções em perfis no Instagram. Por lá, enquanto Greyce mantém o perfil do grupo @run4tal, Poliane é @politchaves e Mauro é responsável pelo @estilocorrida." A ideia é fazer com que cada vez mais as pessoas se apaixonem por esse esporte e que todos possam se unir em uma grande corrente do bem", contou Mauro.

O trio foi à Meio Maratona do Rio à convite da Fila Brasil, patrocinadora do evento, para participar da segunda edição do desafio #FilaRio21k promovido pela marca. Na ação, os três – junto com outros convidados de diversas regiões do Brasil, todos com perfis no Instagram dedicados às corridas – puderam treinar junto com atletas do Fila Running Team e dar a largada na maratona junto com o pelotão de elite.

Eles e os outros participantes ainda tiveram a oportunidade de experimentar, na prova, o novo KR3 KNIT, lançado pela marca durante a Meia Maratona. Com um novo cabedal em tricô para garantir mais conforto, o modelo é o mais recente da linha Kenya Racing, consagrada entre os atletas pelos tênis leves e com boa respirabilidade. O calçado foi aprovado pelo trio de corredores justamente por essas características. "Nem parece que eu estou calçado" foi uma das reações tanto de Greyce quanto de Poliane e Mauro. E o carioca ainda destacou: "Ele prometia me ajudar a conseguir um belíssimo desempenho na corrida hoje, e foi bem isso o que aconteceu."

Também sobre a prova, as impressões dos três foram as melhores. "A prova foi em um dia com um tempinho fechado", contou Poliane, "mas o final de semana foi muito bacana, cheio de gente com uma energia maravilhosa!". E Greyce fez coro: "essa energia positiva durante o fim de semana foi sensacional!".

MENSAGEM_CONFIRMACAO