Nutrição

05/10/2017

*Por Alessandra Luglio, nutricionista convidada pela Greenpeople

As fibras têm papel fundamental em uma dieta saudável, já que elas atuam de forma ampla no nosso organismo.

O que a maioria das pessoas já sabe é que as fibras regulam o trânsito intestinal, evitando constipação e colaborando para prevenção de algumas doenças como diverticulite, hemorroidas, câncer de cólon, entre outros. Porém, as fibras também desempenham outras funções, como retardar o esvaziamento gástrico, aumentando a sensação de saciedade, promovendo melhor digestão e auxiliando no controle do apetite.

Outra atuação muito importante das fibras é a redução dos níveis de colesterol total e LDL, o que ajuda na prevenção e tratamento de hipercolesterolemia. O que acontece é que temos a presença dos ácidos biliares durante a digestão, que são ricos em LDL, e as fibras solúveis conseguem se ligar a eles, aumentando sua excreção através das fezes e diminuindo sua reabsorção. Sendo assim, nosso organismo precisa retirar mais LDL do sangue para produzir os ácidos biliares, fazendo com que essa concentração caia.

Esse é um processo contínuo, portanto a ingestão de fibras deve ser contínua também para que os resultados sejam alcançados. Além desses benefícios mais conhecidos pela população, as fibras também aumentam a resistência da colonização de microorganismos patogênicos no intestino.

Coma mas sem exagerar

Porém, como qualquer tipo de nutriente, o consumo excessivo pode levar a diarreia, cólica, inchaço, flatulência e distensão abdominal, devendo assim ter o cuidado e equilíbrio no consumo. Para os atletas e praticantes de atividade física, também é preciso prestar atenção ao momento do consumo. Muitas pessoas podem apresentar uma certa sensibilidade às fibras e sentir desconfortos intestinais ao longo do treino.

Para que todos esses benefícios sejam aproveitados, é necessário o consumo regular de fibras associado com uma alimentação saudável e um bom nível de hidratação. Frutas, verduras e legumes, de preferência com cascas e talos, são excelentes fontes de fibras, assim como os Crackers Greenpeople, que são feitos com os bagaços e resíduos dos ingredientes usados nos sucos.

MENSAGEM_CONFIRMACAO