Nutrição

26/10/2017

*Por Alessandra Luglio, nutricionista convidada pela Greenpeople

Sempre quando o assunto é proteína vegetal, surgem várias dúvidas sobre a sua qualidade, principalmente quando comparada à proteína de origem animal. Se a dieta for vegetariana, os questionamentos são maiores ainda!

Toda proteína, seja de origem animal ou vegetal, é composta por aminoácidos. Alguns deles o nosso corpo produz, outros não. Os aminoácidos chamados de essenciais não são produzidos pelo nosso organismo e são obtidos somente pela alimentação. A principal diferença entre a proteína vegetal e a animal está na quantidade de aminoácidos presentes em um mesmo alimento.

As fontes proteicas animais normalmente têm todos os aminoácidos em grande quantidade, em especial os essenciais, mas também apresentam uma quantidade significativa de gordura saturada, que em excesso podem contribuir para o ganho de peso e para o desenvolvimento de algumas doenças.

Os alimentos de origem vegetal também fornecem todos os aminoácidos essenciais, mas dependendo do alimento, as concentrações mudam. No entanto, a combinação e balanceamento dos alimentos garante o aporte ideal e adequado de todos os aminoácidos necessários ao nosso organismo. Quinua, o edamame, as sementes de abóbora, entre outros, têm todos os aminoácidos essenciais em grandes quantidades! Além disso, contêm boa quantidade de fibras, baixo teor de gordura e vários micronutrientes. Essas combinações não precisam estar presentes numa mesma refeição, mas é importante consumi-las ao longo do dia.

Ótimas fontes proteicas são as leguminosas como feijões, lentilha, ervilha, grão de bico, soja; os cereais como arroz integral, quinua, aveia, cevada; sementes como a de abóbora, gergelim e girassol; e as oleaginosas como amêndoas, castanhas, avelã e nozes.

Além da grande variedade de fontes proteicas, há bons suplementos proteicos de fontes vegetais que são versáteis, práticos e podem ser usados por qualquer pessoa, principalmente por atletas veganos que, como todo esportista, precisam ingerir mais proteína.

Existem diferentes suplementos a base de proteína de soja, arroz, ervilha...! Ao combinar os suplementos proteicos vegetais com sucos Greenpeople, por exemplo, tem-se uma excelente e completa refeição pós-treino, garantindo reposição de energia e substrato para recuperação e construção muscular. A barra de proteína Greenpeople também é outra excelente opção de suplementação de proteína vegetal, prática, deliciosa e saudável.

É possível ter uma alimentação onde a única fonte proteica seja de origem vegetal, porém é fundamental um equilíbrio nutricional adequado para cada indivíduo e estilo de vida. Os alimentos de origem vegetal oferecem todos os nutrientes necessários para manter o nosso corpo saudável. Há uma infinidade de possibilidades de combinações. Use sua criatividade, diversifique sua alimentação e torne-a muito mais nutritiva e saudável!

Uma coisa é fato: quanto menos alimentos de origem animal mais sustentável é a dieta e o estilo de vida! Sabendo fazer, cuidamos do corpo e do planeta!

MENSAGEM_CONFIRMACAO