Lifestyle

06/11/2017

*Por Verônica Carraro, diretora do Soul Delas e apresentadora

Se você é apaixonado por esportes e é carioca ou está sempre pelo Rio, já deve conhecer a Lagoa Rodrigo de Freitas. Mas você já parou para pensar na quantidade de possibilidades que existem para aproveitar aquele visual? Tem opção para quem gosta de pegar pesado nos treinos, para as crianças, para quem prefere uma atividade mais light... tudo no mesmo lugar e com uma das paisagens mais lindas do Rio. 

Corrida

Se você quer sair um pouco da rotina da academia, vale a pena uma corrida no entorno da Lagoa, passando por bairros como Leblon, Copacabana e Ipanema. Os sete quilômetros de extensão de Lagoa são cercados de belas paisagens e prometem um pôr do sol laranja, daqueles que rendem várias fotos lindas.  Ah, e você não vai se sentir sozinho! Em diferentes horários, tem sempre uma galera correndo.

Bike

A pista é compartilhada entre pedestres e ciclistas, por isso é bom ficar ligado. As estações do Bike Itaú são uma boa opção para os amantes do pedal que não têm sua própria bicicleta. É possível fazer um cadastro aqui e garantir uma bicicleta por R$10 mensais, que são descontados no cartão de crédito. Você precisa baixar o app Bike Rio no seu smartphone, onde você encontra as estações nos principais pontos da cidade. Se não rolar, você pode alugar nos quiosques da Lagoa. Normalmente, eles têm muitas opções de tamanhos e modelos de bike.

Skate

Para os freestyle de plantão, não tem nada como dar um rolê de skate em volta da Lagoa. Para mim funciona como uma meditação. Cada pessoa com quem cruzo deve sentir a minha alegria de estar fazendo um exercício simples, mas que me ajuda muito a entrar em contato com a natureza e comigo mesma. Vale muito a pena 

Wakeboard/Wakesurf

Para os mais radicais, a Lagoa oferece a prática do wakeboard e wakesurf. Duas modalidades que amo de paixão e faço sempre que possível. Comecei com a prática do wakeboard há 10 anos e atualmente estou treinando um novo esporte, o wakesurf. Considero o wakesurf um esporte menos agressivo para o joelho e para as articulações. A lancha é especial para a prática das modalidades, forma uma onda onde você pode surfar de maneira constante. É ótimo para a pegar habilidade e evoluir no surf quando for para o mar, e o melhor, você não precisar remar para dropar a onda, passando muito mais tempo nos treinos de manobras sem perder o fôlego. É possível agendar o treino como o Marquinhos da Rio Wake Center ou o Greg da Wake In Rio.

Remo

O remo é bom para quem curte esportes coletivos. É um meio de conhecer pessoas novas e estar em contato com a natureza. Antes de se aventurar na lagoa, a pessoa treina em uma espécie de tanque, onde o instrutor te ensina as técnicas de remada, respiração e sincronismo, que devem ser realizados em grupo. Remo é um dos esportes mais completos do mundo. Pode ser equiparado a natação quanto ao gasto calórico, além de queimar, em média, cerca de 600 calorias por hora, melhora a postura, alivia o estresse e aumenta a massa muscular, a resistência, flexibilidade e coordenação motora. Ao contrário do que muita gente pensa, que remar só fortalece os braços, a atividade trabalha também pernas, glúteos, costas e abdominais.

Dá para se inscrever em uma das turmas do clube do Flamengo ou Botafogo.

Ioga e Acroioga

Você não é muito agitado ou prefere uma atividade mais relax? Que tal levar seu livro em um daqueles deques e se inspirar na leitura curtindo o Cristo Redentor, de olho nos pássaros que “pescam” na lagoa, dando vários voos rasantes? O comecinho do dia ou o finalzinho da tarde são ótimos momentos para desconectar um pouco do caos da cidade e se conectar consigo. Seja pela prática de meditação, leitura ou quem sabe na tentativa de fazer aquelas posições desafiadoras do acroioga. Existe um grupo de praticantes bem em frente ao restaurante Palaphita.

O acroioga trabalha todos os músculos do corpo, usando técnicas de força, flexibilidade, equilíbrio e condicionamento – e ainda fazem bem para a mente. “Além do trabalho físico, também exercitamos a cabeça, com estímulo ao trabalho em equipe, à superação do medo e à autoconfiança”, conta Louis Gabriel Watel, coordenador da AcroBrasil e precursor da modalidade no país.

Para fechar o dia, um piquenique

E que tal promover um encontro para amigos ou para a família? Esse é um dos meus programas favoritos, ainda mais com o horário de verão. Poder ter mais tempo para apreciar a paisagem e o incrível pôr do sol da Lagoa, em companhia de seus amigos, um belo vinho, ou suco e uns quitutes saudáveis. É um programão que todo carioca deveria aproveitar mais.

MENSAGEM_CONFIRMACAO