Lifestyle

14/11/2017

*Por Rafael Duarte, equipe Miramundos

Onde já se viu alguém gostar de estrada esburacada, atoleiro de areia, sol nos olhos, calor de rachar e poeira na cara? Na verdade, somos muitos. Ficou claro isso com todos aqueles que estavam comigo numa viagem épica ao Jalapão. 

Um lugar onde só dá para chegar se for de 4x4 (tivemos que desatolar alguns que acreditaram que um 4x2 poderia dar conta do recado). A prova disso foi a alegria e disposição de todo mundo que participou daquele que seria o maior test drive offroad da história da Jeep do Brasil.

Vocês me conhecem por usar o esporte (montanhismo, mountain bike, melgulho...) para alcançar os lugares mais incríveis do planeta. Mas também é com o auxílio de máquinas especiais - como foi no caso do navio que nos levou à Ilha da Trindade e agora os 4x4 - que levamos nossos sonhos aos destinos mais incríveis do planeta, inclusive aos rincões do Tocantins.

Do rádio, vinham dicas fundamentais do carro madrinha, orientando os pilotos a operar os comandos dos carros de acordo com o tipo de terreno que seria vencido (areia fofa, pedra, lama, etc...).

No trecho mais difícil da expedição, uma subida em terreno arenoso que rodeia as Dunas Douradas, veio a dica fundamental: “com a devida distância do carro da frente, mantenha a aceleração em velocidade constante, siga o trilho dos pneus, não vá muito rápido, mas também não muito devagar. E caso sinta que vai atolar , não insista. Dê uma ré, pegue embalo e tente de novo.” Segui a orientação e superei essa com a adrenalina a mil, preocupado em conseguir avançar e não fazer o resto do comboio parar naquele terreno fofo por minha causa.

Chamada de #JeepExperience, esta foi a minha viagem mais intensa como piloto de um tracionado. Foram 830km percorridos em dois dias. O desafio era alcançar em um curto período de tempo os principais atrativos do Parque Estadual do Jalapão, superando com o devido controle, conforto e sabedoria todos os desafios que a estrada pode proporcionar.

Meu companheiro de viatura foi o content creator Átila Ximenes, que documentou a expedição para produzir um guia bem legal. O comboio de 14 jipes numa equipe total de cerca de 35 pessoas cruzou aquelas estradas vermelhas em tocadas diárias de cerca de 10 horas.

Cansaço? Que nada. Cada visual incrível e momentos memoráveis marcaram a viagem que mostra que lugar de relaxar o corpo é em casa. E para expandir a mente, é pé na estrada.

Neste ensaio fotográfico que produzi nestes dois dias de estrada, entre um volante e outro, algumas imagens mostram a energia do Jalapão e seus encantos, como o Fervedouro, as Dunas Douradas, montanhas, estradas e cerrado...

MENSAGEM_CONFIRMACAO