Lifestyle

08/10/2018

*Por equipe Red Bull

Depois de reunir mais de meio milhão de atletas ao redor do mundo nos últimos cinco anos, a Wings for Life World Run, corrida que acontece simultaneamente em diferentes países, vai voltar ao Brasil pelo sexto ano consecutivo, retornando ao Rio de Janeiro em 2019. Confirmada para o dia 5 de maio, às 8h (horário local), a corrida já passou por Florianópolis (SC), em sua estreia em 2014, por Brasília (DF) nos três anos seguintes, e estreou na cidade maravilhosa neste ano. As inscrições para a próxima edição já estão abertas aqui.

O Rio de Janeiro se juntará a outras cidades do mundo todo que largarão ao mesmo tempo, independentemente do fuso horário. No ano passado, quatro mil pessoas correram pelas ruas cariocas, saindo da praia do Recreio e passando por toda a orla, incluindo Barra da Tijuca, Ipanema e Copacabana. Elas puderam vivenciar o conceito inovador da prova, que é conhecida por não ter uma linha de chegada fixa.

Ao contrário dos eventos tradicionais, na Wings For Life World Run é a linha de chegada que persegue os atletas. O chamado “Catcher Car” (carro perseguidor) larga 30 minutos depois dos competidores e vai aumentando a velocidade gradativamente, alcançando um por um. O último a ser ultrapassado pelo veículo é o campeão do evento.

Neste ano, mais de 100 mil pessoas fizeram suas inscrições em uma das provas espalhadas por 66 países e, juntas, somaram um total de 934.484 km percorridos, arrecadando €3 milhões. Esse é, justamente, mais um diferencial da corrida: 100% do valor arrecadado com as inscrições são revertidos para as pesquisas da cura da lesão na medula espinhal. A partir de 3 de outubro, os interessados podem se inscrever e começar a ser parte dessa causa por um valor promocional de R$120, por tempo limitado.

Diversos esportistas consagrados e vários famosos já contribuíram com a causa, como a ex-ginasta Lais Souza; o paratleta Fernando Fernandes; o maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima; os campeões olímpicos de vôlei de quadra Bruninho e Lucarelli; os surfistas Carlos Burle e Pedro Scooby; além de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank.

Para participar, basta escolher a cidade em que deseja correr e se inscrever pelo site. Aqueles que não puderem correr em um dos locais oficiais do evento, também poderão participar por meio do aplicativo da Wings For Life World Run, disponível para Android e iOS.

Sobre a Wings for Life World Run

Em um dia do ano, a Wings for Life World Run acontece simultaneamente em diversos locais e por meio do aplicativo ao redor do mundo, com todos correndo exatamente na mesma hora, não importa se é dia ou noite, e sempre pelo mesmo objetivo - arrecadar fundos para a Fundação Wings for Life. Com seu formato único, os participantes correm o quanto conseguirem até serem ultrapassados pela linha de chegada móvel, o "Carro Perseguidor", que larga 30 minutos depois dos competidores e vai aumentando de velocidade gradativamente. Esse conceito permite que qualquer um participe do evento, independentemente do nível de treinamento - os mais lentos são alcançados mais cedo, enquanto os grandes atletas ficam correndo durante horas. Desde 2014, quando foi lançada, a Wings for Life World Run já contou com mais de 500 000 pessoas de 193 nacionalidades em mais de 66 países dos sete continentes. 

MENSAGEM_CONFIRMACAO